O projeto hidrossanitário contempla todas as etapas de dimensionamento para o funcionamento de acordo com as normas, dos sistemas hidráulico (água fria e quente), sanitário e de águas pluviais.

Sobre cada sistema:

Hidráulico: Contempla o detalhamento da tubulação de água fria que contém: as prumadas, que são constituídas por tubulações principais que trazem a água do reservatório superior; os pontos de água, que são os pontos que alimentam os vasos sanitários, os chuveiros, as pias e qualquer outro elemento necessitado de água; e, finalmente, os ramais de distribuição, que são os alimentadores dos pontos, em todos os cômodos necessários. Para a rede de água quente é realizado um projeto que atenda aos sistemas de aquecimento, que podem ser solar, elétrico ou a gás, também são dimensionados os reservatórios e a rede de distribuição interna e externa.

Sanitário: Esse projeto é dividido entre o esgoto primário, que fica em contato com gases – como os vasos sanitários e as caixas sifonadas – e o secundário, que não tem acesso a gases, ou seja, uma camada de água que evita o retorno de gases pela tubulação. O sistema possui ramais de descarga e de esgoto, ramais e colunas de ventilação, tubos de queda, subcoletores e coletores, seus dimensionamentos são de suma importância pare evitar futuros transtornos.

Pluvial: É composto pela elaboração de calhas e de tubulações e conexões necessárias para o transporte da água da chuva até o local de interesse, seja um reservatório de reaproveitamento ou a rede de drenagem pública. O dimensionamento das calhas depende da vazão máxima de contribuição do telhado que, por sua vez, depende do regime de chuvas da região onde está a construção.

Vantagens de um Projeto Hidráulico em sua obra:

– Projeto realizado conforme as normas vigentes;

– Dimensionamento personalizado de acordo com as necessidades do cliente;

– Posicionamento correto dos prontos de consumo;

– Prazo reduzido para a execução da obra;

– Lista detalhada de materiais para orçamento, evitando sobras e desperdícios;

– Redução no custo da obra;

– Facilidade em eventuais manutenções;

– Auxílio na instalação do sistema, evitando erros.

css.php